Governador destaca ações de convivência com a seca durante abertura do PECNORDESTE

DSC_2499“O Nordeste vive um momento difícil, com quase seis anos consecutivos de seca. Fui cobrando fortemente a fazer racionamento, mas quem mais sai prejudicado com isso é a população, principalmente os mais pobres, que começam a armazenar água em casa, o que gera um problema de saúde pública muito forte. Nós precisamos buscar alternativas para evitar esse tipo de coisa. Esse é um momento de muita reflexão, de nos atentarmos para as novas tecnologias. Portanto, quero parabenizar o Pecnordeste por essa realização, pela escolha desse tema, algo que é altamente pertinente neste momento que o Ceará vive”, discursou o governador Camilo Santana, durante a abertura do XXI Seminário Nordestino de Pecuária (PecNordeste), nesta quinta-feira (6). O evento segue até o próximo sábado (8), no Centro de Eventos do Ceará, e tem como tema central a “Água e Semiárido: uma nova postura.
Na  ocasião, o governador apresentou algumas das políticas públicas que o Governo do Ceará vem adotando com o objetivo de minimizar os efeitos da estiagem no Ceará. “Estamos trabalhando fortemente no enfrentamento dessa crise hídrica, seja através da política de reuso de água, através de novas tecnologias. Nesses dois anos e cinco meses que estou à frente, foram mais de três mil poços profundos perfurados quando a média de perfuração era de 300 poços por ano. São adutoras sendo instaladas, parcerias realizadas com o Governo Federal e municípios. O Ceará é referência no Garantia Safra, um programa que dá o mínimo de condição para o pequeno agricultor viver. Temos um grande programa de cisternas de placa, e se não fosse isso muitas famílias não teriam água nem para beber. O desafio é muito grande. É preciso todo um esforço e o Governo tem feito a sua parte”, afirmou o chefe do Executivo estadual.
DSC_0137O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec) e presidente do Conselho de Administração do (Senar-CE), Flávio Viriato de Saboya Neto, também reforçou a parceria com o Governo do Ceará, através dos órgãos ligados ao agronegócio no Estado. “Somos um Estado pequeno e por isso precisamos dar as mãos a parceiros como o Governo, que trabalha fortemente as demandas do setor através de suas secretarias”, reforçou Flávio Saboya.
Durante a abertura, foi assinado o convênio de cooperação técnica entre a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Federações de Agricultura do Nordeste (Faec) e Embrapa para execução do Programa Forrageiras para o Semiárido. O Programa terá 12 Unidades de Referência Tecnológica de Pesquisa (UTRs), uma delas instalada no Ceará, em Ibaretama, no Sertão Central. A programação contou ainda com a entrega da Medalha do Mérito Rural Prisco Bezerra, ao secretário Executivo do Senar Nacional, Daniel Carrara; ao diretor Técnico do Sebrae-CE; Alci Porto Gurgel; e ao produtor rural, Renato Araújo Carneiro.
Estandes.
DSC_2497A programação do evento prossegue até o próximo sábado com palestras, seminários e mesas redondas. Durante os três dias, os visitantes poderão conhecer produtos expostos que envolvem o setor. O Governo do Ceará, através das secretarias da Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seapa) e do Desenvolvimento Agrário (SDA) está recebendo produtores e visitantes em seus respectivos estandes. Nesses espaços, o público pode conhecer as ações que são desenvolvidos por cada órgão. A Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), também está participando do Pecnordeste através de 10 Câmaras Setoriais do agronegócio e da Câmara Temática do Comércio Exterior e Investimentos Estrangeiros. “O Pecnordeste chega a sua 21º edição já consolidado no calendário de feiras e eventos do setor. O número de pessoas que visitam a Feira e participam da programação é bastante expressivo e é muito importante para o Governo apoiar ações como essa”, destacou o secretário Euvaldo Bringel.
DSC_2508Prestigiaram a solenidade o coordenador do PecNordeste, Paulo Hélder de Alencar Braga, os secretários estaduais Nelson Martins (Casa Civil), Dedé Teixeira (Desenvolvimento Agrário) e Inácio Arruda (Ciência e Tecnologia); os presidentes do CNA, João Martins da Silva e  da Fiec, Beto Studart; o superintendente do Sebrae-CE, Joaquim Cartaxo Filho; os deputados Raimundo Gomes de Matos ,Carlos Matos e Daniel Oliveira; dirigentes de órgãos e representes do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mostrar Botões
Esconder Botões